sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

ANO NOVO, HIAGO NOVO!

Oi, gente. Como passaram o fim de ano?

Meu fim de ano foi normal, acabei passando sozinho, sem muita comemoração. No segundo dia do novo ano resolvi ir a praia. Não dá para começar o ano sem lavar a alma no mar, não é mesmo?!  Desci para Guarujá para encontrar amigos que me esperavam por lá. Fora isso, de resto foi tudo igual. Desta vez não recebi convites de familiares para passar o fim de ano com eles, mas em compensação, o que recebi de torpedos pedindo dinheiro emprestado, não é brincadeira! Curioso, nenhum deles me chamaram para a ceia de natal ou passar a virada, mas pra abrir minha carteira eu sou o primeiro da lista!




Este ano decidi investir mais em mim. Nos últimos anos perdi a conta de quantas vezes segurei o mundo dos outros enquanto deixava o meu cair. Percebi que vivia a minha vida, mas me dediquei demais aos outros, e muitas das vezes em vão. Na virada do ano, numa análise rápida sobre o ano que passou, percebi que reuni todos os sentimentos de afeto e entreguei as pessoas erradas, e em troca, recebi ingratidão e falta de consideração. Neste ano resolvi “ativar” aquele Hiago que era amado e mais dedicado a si mesmo.
Outra coisa que pretendo evitar neste ano são as pessoas negativas e pessimistas em meu circulo de amizade. É tanta gente com energia ruim, que basta eles me mandarem um “oi” e meu dia já fica nublado. Eu tô cansado de ouvir lamentações de pessoas que te procuram apenas para tirar proveito de situações. Esses dias mesmo, eu acabei de fazer “amizade” com uma pessoa e no dia seguinte estava me pedindo R$ 10,000 mil emprestado. Como tem gente sem noção, né?!

Eu penso da seguinte forma: para eu ter um bom ano e fazer com que minha vida siga adiante, tenho que me afastar de pessoas que não tem ambição de correr atrás e lutar para ter suas coisas e que só querem viver como parasitas.
Este ano tenho muitos planos, como por exemplo, entrar na bolsa de valores. Quero fazer meu dinheiro triplicar neste ano, e para isso, tô estudando muito a vida de empresários de sucesso para que eu possa aprender com os acertos e erros que cada um teve para se tornar milionário. 

Eu ainda estou namorando. Ou não? Na verdade nem sei mais! Tudo continua na mesma entre a gente: “Ele goza e me manda embora. Quando tá comigo tem pressa de ir, diz que tem que dormir e acordar cedo, e quando tá com amigos chega de madrugada em casa e diz que tinha muitos assuntos interessantes com eles”. Pensando assim, eu devo ser alguém bem chato e entediante para se ter ao lado, pois ele sempre arruma alguma desculpa para não ficar muito tempo comigo. Eu só queria que ele se interessasse em ficar comigo do mesmo jeito que ele se interessa em estar com outras pessoas, que pelo menos demonstrasse que está gostando, ao invés de sempre sair com pressa. Mas isso já é algo que não me incomoda mais.


Pensando dessa forma, resolvi viver a vida conforme AS MINHAS VONTADES. Nada de ficar agradando e me preocupando com os outros. Tá na hora do Hiago voltar a ficar por cima. Afinal, mesmo não fazendo mais programas, ainda tenho o mundo inteiro aos meus pés a fim de ficar comigo. Quero parar de me doar e começar a receber. Meu coração esfriou!!!





Tô de volta!




domingo, 18 de dezembro de 2016

PROMOÇÃO DO LIVRO

Neste clima de Natal resolvi fazer uma promoção com meu livro. Comprando o eBook pela Amazon, ele sairá por apenas R$ 3,35 reais e pretendo baixar ainda mais o preço! Você que reclamou que o valor estava alto e não tinha condições de comprar, agora pode ter meu livro bem baratinho. Pretendo deixar neste valor por uma semana, então corre que ainda dá tempo.

Link do livro na Amazon : https://www.amazon.com.br/dp/B01HKDK9L4

E pra você que não usa ou não tem cartão de crédito, tem a opção de comprar meu livro físico pagando com boleto bancário pelo site da Agbook e Clube de Autores. Lá tem todas as formas de pagamentos. Ou seja, não tem desculpas para não ter meu livro.



Boa tarde, mundo!


terça-feira, 22 de novembro de 2016

HATER

Tem um trecho em meu livro que eu comento sobre pessoas (parentes, “amigos”, etc...) e garotos de programa que se aproximam de mim fingindo amizade na intenção de tirar proveito de alguma situação, desde financeira ou influência para conseguir clientes. Hoje em dia isso ainda acontece. As pessoas acham que eu estou à disposição delas 24 horas por dia para conversar e tirar dúvidas, mas não é bem assim. Bruna Surfistinha hoje em dia cobra para dar dicas sexuais via Skype, eu ainda estou fazendo sem cobrar um centavo, mesmo assim têm pessoas que exigem exclusividade sem mesmo ter pago algo ou até mesmo comprado meu livro.

Hoje recebi uma mensagem de um Zé Ruela que só me fez ter pena do coitado. No começo me elogiou na intenção de ganhar confiança, mas por eu receber muitas mensagens e acabar não dando atenção a todos, ele se enfureceu e mostrou o lixo de pessoa que é. Fiquei tão “triste” que nem vou dormir esta noite (kkkkk). Sábado ele me manda mensagem, mas como não obteve resposta (gente, eu recebo muita mensagem mesmo!) ele se revolta e me escreve novamente hoje.



Eu não consigo falar com quem comprou meu livro, quem me dera conversar com um Hater lunático que pra ter me procurado deve tá passando fome e quer entrar na prostituição pra ganhar algum trocado. Olha, amigo, me desculpe, mas o POBRE e COITADO aqui é você. Ele é apenas mais um dos que vivem me enchendo o saco e ainda acha que tô chateado por isso. Foi época que eu me importava com mensagens assim, hoje em dia nem ligo. Pra ser sincero eu até gosto. Adoro barraco! Isso traz mídia.

Minha vinda aqui hoje não foi para mostrar minha preocupação com a mensagem deste infeliz, foi mais pra dizer e pedir que tenham paciência comigo, pois eu NÃO CONSIGO RESPONDER A TODOS AO MESMO TEMPO. Eu adoro receber mensagens, sério, fico muito feliz. Queria muito poder falar e dar atenção a todos devidamente.




domingo, 13 de novembro de 2016

PARTIU GUARUJÁ



Neste fim de semana resolvi atualizar meu diário de bordo e mostrar minha felicidade em poder aproveitar um dia maravilhoso em Guarujá. Teve tudo que mais gosto: Companhia agradável, passeio de barco, tarde na praia com direito a queimadura e tudo. Sim, esqueci do protetor solar rs. O melhor foi reviver a sensação gostosa de viajar e fazer amizade pelos lugares onde passei, como aconteceu quando estava na praia. Acabei fazendo amizade com uma senhora muito simpática!




 Agora conto com a ajuda de vocês. Me digam algum lugar bacana aonde eu possa estar indo visitar, e quem sabe não dou uma passadinha em sua cidade e a gente troque uma ideia.


sábado, 1 de outubro de 2016

ANTES E DEPOIS


Olá, hoje resolvi escrever um texto falando sobre minha vida quando eu era garoto de programa e depois de ter largado o mercado do sexo.


MINHA VIDA COMO GAROTO DE PROGRAMA:

  • ·         Transava TODOS OS DIAS.
  • ·         Ganhava muito dinheiro.
  • ·         Todo mundo me paparicava (pra quem não sabe, “paparicar” é uma gíria que significa bajular, agradar).
  • ·         Adorava fazer sexo com desconhecido.
  • ·         Quando algum cliente me irritava, dia seguinte eu estava no shopping comprando minhas grifes favoritas para extravasar a raiva.
  • ·         Eu era desejado.
  • ·         Tinha companhia para dormir todas as noites. Era só eu escolher com quem.
  • ·         Toda semana viajava e conhecia o mundo todo, na maioria das vezes sempre ao encontro de algum cliente.
  • ·         Recebia vários mimos/presentes/flores/chocolates de clientes.
  • ·         Me sentia poderoso e tinha amor-próprio.
  • ·         Eu era feliz e não sabia.

MINHA VIDA DEPOIS DA PROSTITUIÇÃO:
  • ·         Tô rico.
  • ·         Namorando (no momento brigado e com ódio dele).
  • ·         Minha vida sexual tá parada.
  • ·         Não ganho mais dinheiro todo dia e sobrevivo com o patrimônio que eu conquistei e atualmente com a venda do meu livro.
  • ·         Durmo sozinho toda noite.
  • ·         Não recebo mais com tanta frequência mimos/presentes/flores/chocolate.
  • ·         Minha vida caiu na rotina.
  • ·         Continuo comprando minhas grifes para relaxar um pouco.
  • ·         Hoje é sábado, são 23h30min e eu estou em casa, deitado sem fazer NADA! Poderia estar em Dubai, Angra dos Reis ou em Miami? Sim, poderia! Mas não estou!
  • ·         Tenho mais tempo livre pra pensar na vida e isso me deprime.
  • ·         Não tenho mais amor-próprio.