terça-feira, 23 de outubro de 2012

ESPERANDO O HOMEM PERFEITO

 
 
 
Putz! Morri. . .
 
 
Enquanto nada de interessante acontece em minha vida, estou aguardando a oportunidade de aparecer alguém que me faça bem de verdade. E te digo mais, caso eu encontre, nunca mais tocarei no assunto de Programas.
Apareceu gente de todo o tipo, algumas se declarando de tal forma como se eu fosse à pessoa mais maravilhosa do mundo, não é bem assim. Pra se conhecer e ter um relacionamento tem que estar ciente de muitas coisas, casamento ou namoro não é só morar juntos, trepar, ter filhos e viver feliz para sempre, por isso a maioria dos relacionamentos não vão pra frente, o povo ainda tem muito que crescer.
Por milagre não tive nenhuma perturbação com relação a esta minha postagem, sobre querer alguém. O povo desencanou de ser chato e foram viver suas vidas, né?
Infelizmente as pessoas até o momento que entraram em contato comigo foram de longe, tipo, Espírito Santo, Elói Mendes (Minas Gerais), Hortolândia e por aí vai. Se bem que pessoas daqui da região pra mim não valem nada (desculpe aí), mas são pessoas bobas e não evoluídas, só pensam em trepar, ficar hoje e tchau amanhã. Ficam na rua de madrugada tentando  #DarDeGraça e fica falando mal de mim.
Teve um que por eu não ter retornado, me mandou uma mensagem dizendo que eu terminaria sozinho se não mudasse meu jeito, isso só por que não retornei a ligação dele e nem respondi seus e-mails. Chamou-me de tosco e imbecil.
Nem sempre tenho tempo de responder e-mail, gosto quando posso, na verdade eu adoro responder mensagens, mas é que às vezes é foda e fico meio agarrado respondendo, aí eu paro, relaxo e depois recomeço respondendo um por um. Mas o povo não entende e me critica por isso.
A forma mais fácil de me achar é no Twitter, quando ligo meu notebook à primeira coisa que faço é entrar lá. Posto um bom dia ou qualquer outra coisa e aí sim, abro outras coisas na web.
Sabe, já conheci tanto cliente babaca que achei melhor mudar, se eu não encontrar alguém até o fim do ano, viro evangélico ou entro na castidade. Não quero saber de sexo com desconhecidos e menos ainda com conhecidos (seja lá quem for), não são nada além de “conhecidos” se fossem namorados, maridos ou coisa do tipo, seria outra coisa.
 
OBS:
 MINHA AGENDA CONTINUA ABERTA!
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fala que eu te escuto