sexta-feira, 19 de abril de 2013

FAMÍLIA = A CORDA QUE TE ENFORCA...


“Cara gostaria de saber se vc poderia me ajudar a iniciar-me como garoto de programa, sou de Petrópolis tenho 28 anos sou magro ,casado por isso terá que haver sigilo vou te encaminhar meu tel cel ****** ,se tiver interesse de sua parte em me agenciar me ligue meu nome é *****  mais não tenho nenhuma experiência. Cara pegue uma foto aki não tá muito boa não mais se quiser me dar uma força............PS. A FOTO ESTÁ EM ANEXO.”
...

“Oi hiago tudo bom?

Me chamo Kaio e gostaria de saber se você conhece algum lugar bacana aqui pra são Paulo onde se possa trabalhar. Nunca trabalhei sendo GP, mas estou pensando bastante quanto a isso. Você poderia me indicar algum lugar?

Obrigado.”
...

“Olá Hiago boa tarde. Li seu blog pois estou pesquisando sobre o assunto. Ultimamente tem me passado pela cabeça a ideia de virar GP, já que estou precisando de uma grana e sexo nunca foi o problema. Mas estou meio perdido pois moro em Campinas, interior e aki não é uma cidade lucrativa. Então pretendo ir pra São Paulo, mas não sei por onde começo. Afinal não conheço ninguém lá e tenho trabalho aki, por enquanto. Qualquer dica fico grato”.
 
(Acima, e-mails recebidos de leitores)
 

Como podem ver, estes e vários outros e-mails são enviados a minha caixa de entrada vinda de pessoas a fim de se tornar garoto de programa. Vejo pessoas de mundos diferentes achando que esta é uma vida dos sonhos, simplesmente por conseguir dinheiro fácil e ficar “famoso”. Analisando alguns dos e-mails que recebi, cheguei à conclusão de que os responsáveis para que a gente tome uma decisão dessas é de nossa família, como por várias vezes mencionei aqui no blog meus passos até chegar aqui, muita coisa devo aqueles que me deram as costas me fazendo ter no meio do desespero o programa, como minha fonte de renda.

 

Ponto de vista 01: Vagabundagem


Já recebi e-mails de pessoas que não querem nada com nada, pessoas que não são fãs de trabalho e querem ser e ter algo na vida por um caminho rápido, pessoas que literalmente são vagabundas e que fogem de ter carteira assinada. A primeira coisa que passa na cabeça de uma pessoa assim é de se tornar GP, ganhar no mole e dar golpe em pessoas com condições financeiras boas, eu já penso de outra forma, fazendo ou não programa pretendo sempre estar com minha carteira assinada, pois sei que é a única certeza de que me ajudará no futuro, quando eu estiver velho e não fazendo mais programa. A não ser que eu me aposente fazendo o que faço e entre na justiça querendo provar ser autônomo.

 

Ponto de vista 02: Famílias ricas


Tem garotos que me procuram e acaba dizendo suas vidas para mim, muitos deles vem de famílias ricas e que mesmo assim, querem ser GP. Agora muitos podem estar se perguntando o porquê eles tendo dinheiro querem passar sufoco sendo objeto sexual de outras pessoas? A resposta para o que eu penso, é:

Dinheiro traz felicidade, sim e isso eu afirmo não de um modo que eu seja interesseiro, mas como algo que chega a ser essencial a todo o mundo. Pessoas que vem de famílias ricas podem até ter de tudo, mas muitas das vezes os pais se esquecem de algo que chega a ser importante que é ATENÇÃO e é por isso que muitas pessoas novas começam a fumar, pois passará a imagem de espanto: “nossa, você fuma!” e isso é algo que chama a atenção, no meu ciclo de amizades, muitos dos meus amigos começaram a fumar para chamar a atenção dos pais e chegou a ser algo que deu certo. Um caminho errado, mas que teve resultado. Outra coisa que poucos imaginam é que em famílias ricas, tem seus barracos e preconceitos, muitos e-mails recebidos são de pessoas que foram expulsas de casa por não ter sido aceito pela mãe por ser homossexual, teve casos de pessoas que me procuraram que chegaram a ser deserdados por causa disso e o meio que eles acharam de sair da lama, foi o programa.

Como pode se ter preconceito com alguém por causa de sua opção sexual e ser mais aceitável um pai de família trair a esposa ou ficar na galinhagem (isso vale para a mãe também)?  Aposto que os que criticam são os que têm o passado mais negro ainda e mesmo assim, fazem questão de apontar e acusar, mesmo sabendo que é sangue do seu sangue.

Uma coisa que sem dúvida digo aos outros que me pedem ajuda, trabalhe e estude. Sexo com dinheiro é consequência e nem sempre terá a sorte de sair com alguém. É tão bom você chegar em casa cansado depois de um dia intenso de trabalho, tomar banho e cair na cama, é algo muito prazeroso.

E aqueles que têm serviço e mesmo assim passa dificuldades. Na boa, não sei o que dizer, eu escolhi este caminho e não sei se seria bom que entrasse nele. Eu tive (estou tendo) sorte, já outros, não sei.
Tudo isso chega a ser consequência de uma educação não dada aos filhos, e por isso a vontade, desejo, desespero e seca de querer dinheiro rápido.  
Como podem ver, todos os meninos que querem ser GP estão passando por problemas com a família.
Acho que os pais hoje em dia por darem comida aos filhos acham que estão fazendo muito por eles, e se esquecem de todo o resto. Na época que meu pai me agredia me ofendendo, imagino como seria se tivesse sido diferente. Eu cresci com a fome de dinheiro, queria mostrar a ele que não seria pobre a vida inteira e isso me levou a seguir o caminho que estou hoje, errado ou não, mas culpo minha família por uma educação que não soube me dar. Cresci sim pensando no dinheiro, mas no dinheiro do meu suor, independente de qual seria a forma que conseguiria ele (menos desonesto).
Vendo estes meninos me escrevendo, relembro minha vida e todos os momentos que passei e penso, como pode a família ser tão importante ao ponto de nos fazer escolher caminhos que chegam a ser torto?
 
 

9 comentários:

  1. Olá me chamo Carlos e tenho 20 anos,eu não entendo você, você fica indignado com esses garotos que pede ajuda à você para entra na vida de gp,então por que você fez um blog ensinando como ser gp? Por que invés disso você podia da dicas de como satisfazer seu bofe na cama, com chupar um pinto bem gostoso, masturba seu bofe,e uma duvida minha na hora da penetração o que eu poço fazer para facilitar a entrada do pinto no meu cu.Essas coisa assim que você podia dar dicas e não ensinando à ser gp me corrija se eu estiver enganado. Ha eu sou timido você pode me da uma dica para que na hora eu tenho pouca timides, você fala que é timido e como você faz na hora. E um abraço por favor não me leve a mal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não criei um blog para ensinar a ser GP, criei um blog para falar de minha rotina. O fato de eu "ensinar" é para que alguns possam aprender a como lidar em certas situações com clientes através de meus relacionamentos. Agora amigo, solução para deixar de ser tímido vou ficar te devendo, sempre fui tímido e nem sei como perdi a vergonha na cara. (rsrs).

      Na hora eu esqueço que estou com clientes do meu lado e tento imaginar um namorado ou outra pessoa mais íntima, nem sempre resolve, mas tudo depende se o parceiro souber ser alguém com diálogo e que te deixe bem a vontade na cama.

      Mas só te corrigindo, o blog não é um site de autoajuda e sim um diário pessoal em que as vezes, dou dicas e toques ao povo.

      É que as vezes me sinto sufocado quando vejo mais de 100 e-mails de gente querendo fazer programa, aí eu surto! Mas no fundo, gosto de ajudar.

      Boa noite Carlos, não te levei a mal e espero que não tenha me levado.

      Excluir
    2. Gostei de você! Mais você não me disse o que eu poço fazer quando; é que conheci um cara muito bacana e vou faze sexo anal pela primeira vez além do lubrificante como eu poço ajuda para que o pinto dele entre mais fácil em mim sabe quando ele estivesse empurando o que eu faço,por favo me de uma dica vai. Por exemplo se fosse você que iria me come,o que você diria para que eu fizesse já que seria a minha primeira vez. Carlos

      Excluir
    3. Ha esqueci e como chupa um pinto bem gostso vai me da ums toques. Carlos

      Excluir
    4. Para alguém que é apertado, resta somente a paciência de esperar o pinto entrar. Não tem como entrar fácil logo na primeira vez (como você mesmo diz ser), só depois que o "lacre" estiver rompido que que das vezes futura que fizer isso, ficará bem mais fácil.

      Para ajudar, você precisa estar com muito tesão (relaxado em todo caso) assim a penetração chega a ser menos dolorosa e mais tranquila.

      Em primeiro lugar, você deverá escolher uma posição. De quatro e de lado são recomendáveis para os marinheiros de primeira viagem, pois não contam com o peso do corpo do parceiro, como na de bruços, logo doerão menos. Após decidir, coloque a camisinha (sexo anal desprotegido é o mais contagioso para AIDS e DSTs!) e acrescente lubrificante nela, mesmo que já seja lubrificada (KY é recomendado).

      Após deixar o pinto de seu parceiro bem deslizante, insira apenas a cabecinha dele na entrada do ânus (ele tem que controlar o tesão, uma investida ansiosa pode jogar tudo por água abaixo).

      Faça leves movimentos de vai-e-vem com o corpo e vá penetrando aos poucos, na medida em que sentir o ânus mais hospitaleiro e o caminho for se expandindo para você. Um diálogo nessa hora é bom, ele te perguntar se está doendo não vai tirar o clima da situação, pelo contrário, deixará vocês dois mais à vontade.

      Só deixe ele aumente a velocidade caso o caminho esteja ficando menos apertado e sentir que você está gostando e não sentindo dor.

      Excluir
  2. AH! Pra chupar pau, é simples.

    Depois de ver o pinto dele te chamando comece delicadamente pelas bolas lambendo-as aos poucos, sugando-as, passando a língua entre elas. (OBS: nem todos curtem isso)

    Em seguida passe para a cabeça, dê um banho de gato nela. Mordiscar o prepúcio é tudo de bom e o movimento sempre leve, mas bem sugado, a ponto de ficar aquelas covinhas na bochecha.

    Lamber o pênis como um picolé também é mas nunca deixe de dar chupadas fortes sempre dando atenção na cabeça.

    ResponderExcluir
  3. Valeu cara me ajudou muito. Um abraço e fica com Deus ele sempre esta com a gente não importa o que estamos fszendo ele é sempre superio a qualquer coisa tá bom. Caarlos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Carlos. Espero ter ajudado e qualquer coisa, estamos aqui. rsrs. Boa noite, colega.

      Excluir
  4. Li o post que você colocou hoje, você esta feliz que bom!sabe hoje eu vi uma cena que me deixou triste vi uma pessoa que é gay sendo maltratada por outra só por calsa dela ser gay,no começo eu tive dificuldade e a ainda tenho, mais eu paro pra pensar e analiso e chego a conclussão que perdenos tempo em coisas futes e que a vida é curta, eu tinha um amigo que se emportava comigo de verdade mais eu achava ele muito chato ele também é gay mais eu que sou um pouco mais descolado que ele esnobei como (eu sou resolvido danes você) mais vi que ele só queria atenção uma palavra de carinho, um abraço, um amigo e hoje vejo que perdi. Não sei o por que eu estou te falando isto não sei mesmo só comecei a me comunicar com você recentemente, não vire as costa pra quem te pede atenção as vezes é só o que elas querem você é um cara muito gente fina,as vezes vale mais ver um sorriso de felisidade em uma pessoa que o bolso cheio, seja amigo virtual ou presente, sinceramente mesmo não sei o por que eu estou te falando isto nen eu eu sei mais eu estou me sentido uma paz. Fica com Deus e que bom que você esta feliz de novo eu te dissendo isto. Carlos

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto