terça-feira, 28 de maio de 2013

DOCE PECADO NO JARDIM DO ÉDEN (MEU QUARTO)...


Mais um evangélico resolve vir falar a “palavra” pra mim, só que desta vez é a palavra do sexo que ele queria. Bom de bunda, mas feio de cara. Não procuro beleza, mas por ser evangélico, eu confesso que o tratei um pouco mal, digamos que fui “seco” com ele. Nada contra ele, mas sim com a suposta doutrina que ele segue, o que ele fez questão de debater aqui comigo, enquanto estávamos nos pegando e esquentando a cama. Eu estou ficando chateado com os crentes, os muitos que eu cheguei a conhecer, boa parte gosta de: uma boa fofoca, tomar conta da vida dos outros e tudo que você faz tá errado! Incluindo aqueles que te olham de cima em baixo e quando vão aos cultos, é para desfilar seus sapatos de grife e disputar com as outras “irmãs”.

Já ouvi e vivi muitas situações com evangélicos, mas o de hoje, um caso a parte. Ele veio do mundo, quero dizer que ele antes de ir para a igreja, estava perdido, até que encontrou o caminho (e meu blog). Participante de cultos, longe das drogas, ele procura um novo caminho, mas hoje chegou a me irritar quando tentou fazer com que eu pensasse um pouco mais na vida que levo. Eu sei, é tão louco que eu também não entendi: ele me paga pra ter sexo e ainda por cima me dá lição de moral?!

Já faz tempo que eu ando aborrecido com os crentes. De 100 palavras que eles falam 30 é satanás, 30 é exu, 30 é demônio, e o resto que sobra, tá amarrado em nome de Jesus.

Boa noite a todos, e me desculpem pelo meu jeito. É que vi uns vídeos no Youtube e fiquei meio teatral hoje, inspirado no vídeo. Mas o fato que menciono é real! Rsrs.
 
 

2 comentários:

Fala que eu te escuto