quinta-feira, 9 de maio de 2013

É A PORRA DO BRASIL!

 
“Quer conhecer o caráter de um homem? Dê-lhe o poder.”
 
Um amigo passa mal e como todos que se sentem assim, procurou o hospital. Seus sintomas eram de tontura, risco maior para ele, que estava pilotando uma moto. No que chega ao hospital o médico diz: “filho, aqui a gente atende pessoas que levaram tiro, facadas ou coisas graves, no seu caso que não é algo de grave, deveria ter ido a outro lugar, numa UPA, por exemplo".
Como um médico pode dizer isso a um paciente que não estava se sentindo bem? Se ele estivesse atendendo algum paciente MUITO GRAVE na hora, eu até concordo, como da vez em que eu fui até lá, e no dia estava um cara que tinha se acidentado na Dutra, aí é outra coisa. Agora tá explicado o porquê da má vontade das vezes que estava indo me consultar, faltando quase me matar para me dar um motivo de ter ido. Então se eu estiver mal, pra ser atendido vou ter que tomar veneno ou enfiar uma faca no estômago? Vergonha isso, são pessoas assim que impede do Brasil ir pra frente.
Por isso que das vezes que me sinto mal, fico em casa, mas não vou ao hospital. Vou me sentir pior da mesma forma, então, fico em casa de uma vez.
Temos muito que comemorar o voto dos analfabetos que votaram em Dilma por ser mulher e acreditarem que seria uma forma de Lula continuar a sua presidência. Ainda vejo gente reclamando que o Tiririca é deputado, qual o problema?  Não vejo mal algum em ter um palhaço tomando posição em um lugar, onde todos nos fazem de palhaço.
 
 
 
 
Ainda bem que votei em branco! Vai confiar no homem, vai.


2 comentários:

  1. Votar em branco nao te faz menos responsável!... E talvez o problema não seja o médico que falou isso, mas sim a organização burocrática em que ele foi inserido. Infelizmente o mais fácil é culpar quem está a frente do serviço, como você fez agora, mas saiba que o médico no sistema é apenas a "ponta do iceberg"!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não justifica o fato de recusar ajuda a quem precisa. Sendo que até este outro lugar onde ele pediu que procurasse, as pessoas agem de má fé. Não é burocracia e sim, ignorância mesmo.

      Excluir

Fala que eu te escuto