quinta-feira, 22 de maio de 2014

44º E 45º DE 365 DIAS: 100 HOMENS EM UM ANO?

Com o ritmo das minhas saídas, tô chegando à conclusão de que até o fim do ano chego ao número 100 de pessoas que saí. Não é minha intenção ficar contando e somando quantos pego por ano. Acho que o número está pequeno, pois estou me dando ao luxo de escolher com quem vou sair (mesmo acertando ou errando nas pessoas que escolho), pois se eu fosse de realmente sair com todos que me procuram TODOS OS DIAS (mais de 30 ligações), acho que, até hoje, desde o começo do ano, teria tido mais de 200 clientes, entre eles fiéis que sempre me procuram e os novatos. Espero ter pique de continuar até escrever meu livro. Espero que até o número 100 eu esteja com meu livro editado e quem sabe pronto para que em poucos meses seja divulgado. Este chega a ser um dos desejos que quero realizar antes dos meus 30 anos.

Se de todas as vezes que eu pegar um taxi for de acontecer isso, será um prazer pagar taxi pra me levar aonde quero. Acordo tarde, saio pra tomar café e quando vejo, já passou da hora de eu ir trabalhar. No caminho pego um táxi pra que eu chegue mais rápido. Na metade do caminho o taxista encosta o carro numa rua e me pede um abraço, um abraço que veio acompanhado de um bom beijo de língua. Bom, não é nada disso que vocês pensam, ele não é mais um maníaco sexual que aborda seus passageiros, ele tem liberdade de fazer isso comigo, pois já saí com ele algumas vezes. Sempre marcamos de sair depois do expediente, mas nunca dá tempo. Ele por ser casado tem que se manter presente em sua casa, com sua esposa e filhos.


Eu havia saído do serviço, já estava em casa deitado e assistindo filme quando acabo sentindo tesão e vontade de “trocar o óleo”. O quebra-galho aparece na hora certa e me alivia na madrugada que estava cheio de vontade. Numa rapidinha ficamos aqui perto de casa, onde tive para me satisfazer sua bela bunda que estava com muita fome. O tesão era tanto que, acabei gozando rápido. Uma coisa que eu percebi, é que, ele de todas as vezes que saímos atualmente não goza. Antigamente ele chegava a gozar rápido, mas hoje, não sei se pela idade, acaba dificultando.


2 comentários:

  1. já peguei uns 30 esse ano. Sem receber ou pagar nada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ano passado eu ultrapassei os 300 no ano, mas este eu quis fazer diferente. Escolhendo a dedo, sabe? Mas tipo, teve uns programas por fora que eu não comentei.

      Excluir

Fala que eu te escuto