domingo, 16 de novembro de 2014

BOA TARDE!

Antigamente eu era muito apegado no Pedrinho, mas hoje em dia aquela “paixão” que eu sentia acabou, nem tesão me dá mais. Combinamos de passar à noite juntos, isso depois de alguns meses sem marcamos nada. Na minha imaginação, o tesão ainda era forte quando me masturbava pensando nele, mas depois de tanto tempo sem nos vermos, tanto tempo sem sexo com ele, vi que não tinha nada a ver a gente ficar juntos, mesmo que seja só sexo. Quando a gente ama o feio, bonito lhe parece. Eu o achava lindo, perfeito. Mas agora que o encanto acabou, vejo quem ele realmente é. Alguém que não faz meu tipo. Não consegui ter relação com ele, pois naquele momento eu só o via como um grande amigo que estava ali do meu lado, nada mais. Acho que ele deve ter ficado decepcionado, pois eu cheguei a demonstrar interesse em sexo, dormir de conchinha e muito beijo na boca. Mas isso passou, não quero mais.

90% dos meus clientes são pessoas que vêm de fora, ou estão de passagem pela cidade. Eu moro ao lado da rodoviária, onde por dia, centenas de pessoas desembarcam ou fazem aquela paradinha de 20 a 30 minutos no ônibus, e é nessa hora que eles me chamam, mesmo que seja pra uma coisa rápida. O Miguel foi um deles, que nessa paradinha acabou me ligando para uma rapidinha. Rapaz bonito, educado, veio se masturbando no ônibus a fim de aliviar a tensão quando teve a ideia de procurar o que fazer na internet, até ter me encontrado. Ele veio pra minha casa e os 30 minutos se tornaram 1 hora. O coitado acabou perdendo o ônibus e sendo obrigado a seguir o caminho de táxi. (Como o motorista do ônibus seguiu viagem, sendo que eles fazem a contagem dos passageiros pra ver se não falta alguém quando fazem estas paradas para lanche?).

Morar perto do embarque e desembarque de pessoas, acabou sendo um passaporte para minha agenda ficar movimentada. Já tenho certa fama na internet, e quando a pessoa vem de fora sabendo que vai passar pela minha cidade, na mesma hora se lembra de mim. Antigamente, quando morava em outro bairro da cidade, um lugar bem afastado do centro, as pessoas que desembarcavam na cidade me procuravam, mas antigamente era muito fora de mão sair de casa (às vezes na madrugada) para encontrá-los. Foi um ponto a meu favor esta mudança. A situação ainda está por melhoras, pois a cidade está crescendo muito!

Bom fim de semana para todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fala que eu te escuto