sábado, 29 de abril de 2017

ME APAIXONEI POR UM CLIENTE, E AGORA?!

Uma pessoa te proporciona um dia maravilhoso com passeio no shopping, te dando presentes e jantares em lugares maravilhosos. Tem como não se apaixonar por alguém assim? Pois é, isso sempre acontecia comigo. Eu sempre fui muito carente, desde a época que fazia programa. Por um lado me atrapalhava muito, pois acabava sendo “meloso” com algum cliente que jurava que eu estava apaixonado e depois se afastava, mas por outro lado isso ajudou muito, pois a maioria das pessoas que atendi sofria depressão e necessitavam ser amadas e ter atenção. Foi com o passar do tempo e as experiências de cada encontro que fui dosando a medida certa de como agir diante pessoas diferentes.

Nem sempre dá para ser profissional quando você recebe muito afeto de outra pessoa. Você fica balançado, você se sente amado, e quem não gosta de se sentir assim? Acho que depois de quebrar muito a cara e perceber que nem sempre sentir afeto por um cliente é bom para os negócios, você começa a perceber o mal que está fazendo. Acho que não existe técnica para não se apaixonar. Afinal de contas, quem manda no coração? 

Eu jantando no Terraço Itália
Eu ficava fascinado quando algum cliente me levava para jantar. O que gosto de verdade não é do restaurante ser cinco estrelas, mas ter uma vista panorâmica, que seja aconchegante e um lugar romântico. Foi assim que fiquei apaixonado pelo restaurante Terraço Itália, que além de cinco estrelas, tem uma vista maravilhosa que qualquer pessoa adoraria estar sendo privilegiada com um anel de brilhantes no dedo.

Acho que depois da vigésima “paixonite” por algum cliente eu me tornei mais frio e calculista. Mas meu coração sempre amolecia quando recebia flores, chocolates, mimos, dinheiro extra (sem ter tido sexo) ou até mesmo uma visita rápida, pessoas que saíam de cidades distantes sem avisar, passavam cinco minutos comigo e depois iam embora.

Já ganhei vários presentes, não só de cliente, mas também de leitores do meu blog. Entre os presentes estão incluídos joias, iPhone e até relógios de grife (amo relógios!). Mas o melhor de todos foram as viagens que fiz. Sem dúvidas! Ter uma viagem com tudo pago, conhecer uma cidade diferente e ainda ganhar cachê, não existe felicidade maior que essa!

Hoje em dia, se voltasse a fazer programa, acho que não me apaixonaria facilmente. Descobri que as pessoas dizem que amam as outras apenas para levá-las pra cama. Já estou vacinado com isso rs.


Um comentário:

  1. Você é um rapaz fino e elegante. Merece todo luxo do mundo. Sei bem o quanto é difícil a gente batalhar e ter pessoas em nossa volta nos criticando. Você merece o sucesso que tem, garoto.

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto