03 novembro 2013

SEU TEMPO COMIGO JÁ ACABOU FAZ TEMPO!



A última vez que nos encontramos foi há uns cinco anos atrás, mais ou menos. Lembro-me que estava quase que recém-chegado na cidade e na época, viciado em salas de bate-papo. Conheci o Luciano, cara maneiro e cheio de vida. Ele morava aqui na região e sempre me levava para sua casa, onde tínhamos nosso momento de sexo. Eu gostava dele, não só na cama, mas como pessoa. Como não é novidade, ele queria somente sexo, sem compromisso emocional, mesmo que envolva amizade. Com o passar do tempo ele se afasta, não me atende e nem responde no MSN. Ele havia sumido!

Estava na rua, andando perdido na madrugada. Acabei encontrando uns amigos de programa fazendo “ponto”. Mas não parei com eles muito tempo. Essa fase de putaria na rua, pra mim, já passou. No caminho um carro passa perto e vejo que o motorista me olhava. Eu estava andando quase que junto de uns cadetes e, na hora, achei que tivesse olhando os garotos, e não eu. Os garotos passam por mim e o carro encosta, buzinando para que vá até ele. Chego na janela do carro e já o reconheço, era o Luciano. Ele me convida para uma volta. Eu aceito. Percebi que ele não se lembrava de mim, pois começou com um papinho de “apresentação”, como se estivesse querendo me conhecer e saber sobre mim. Comecei a achar graça, pois eu me lembrava dele muito bem. Demorou um pouco, mas ele acaba se recordando de mim, lembrando da tatuagem que tenho nas costas. Elogios não faltaram, a todo o momento dizendo que eu era simpático. Hahaha, já sabia onde isso ia parar.

Acabamos indo para o motel. Antes já tinha avisado que não faríamos nada e ele concorda. Conversamos, ficamos à vontade e ele me apertando tentando me seduzir. Confesso que o tesão que eu sentia acabou na época que ele me dava “gelo”, hoje, resolvo sair só por diversão, mas não com ele e, sim, com a cara dele. Ele teve a chance, mas desperdiçou. Disse que na época estava na fase de rebeldia e hoje se encontra mais maduro. Tá, sei... Ah, como ele me elogiou dizendo que estava bem mais bonito e diferente de antigamente, há 5 anos atrás quando era magrelinho e esquisito, usei disso para me “valorizar”. Na boa, se eu estou sendo tudo aquilo que me disse, por que eu sairia com alguém feito ele? Não disse isso, mas tentei fazer com que pensasse assim.
Lado Bom: Ele queria passar à noite comigo. Eu menti que tinha visita em casa me esperando.
Lado Ruim: Não gostei de seu beijo, não gostei do seu pinto e de nada que veio dele. Teve certos momentos que começou a lamber minhas costas e eu até gostei.  Mas agora quando cheguei em casa, estava fedendo pura saliva. Que nojo!
OBS: O estranho é que, antigamente eu era apaixonado pelo seu beijo, pinto e tudo que vinha dele. Bom, isso antigamente.

 
 
Terminou numa punhetinha rápida. Não estava mesmo a fim de algo com ele. Anotei seu número de telefone, mas sem garantia de que eu vá ligar. Ele até me pediu desculpas pelo que aconteceu no passado, me garantindo ser melhor agora. Hum, acredito! Resende surpreende haha.

Anterior Proxima Página inicial

0 Comentários:

Postar um comentário

Fala que eu te escuto