domingo, 2 de março de 2014

18º DE 365 DIAS: CARNAVAL ANGRA DOS REIS

Bom dia.




Espero que estejam todos bem e aproveitando este dia de carnaval. Não sou muito chegado, sou mais ficar em casa assistindo filme, pois ninguém merece ficar o dia todo acompanhando escolas de samba pela TV. Gostava de participar (passar vergonha) quando criança. Na minha santa inocência quando me fantasiava e saía todos os dias nos blocos. Ninguém merece! Este fim de semana vim novamente para Angra dos Reis. Mesmo não gostando da farra, vim conhecer o carnaval daqui, sendo este meu primeiro carnaval na cidade. Ontem passei à tarde na praia, o tempo estava nublado, mas a água boa e maré alta. Saí de lá quando eram umas 18 horas, pois o tempo estava mudando e ameaçando chuva. Fiz algumas amizades novas, e graças a Deus, pessoas educadas, que me agradeceram muito por eu ter encontrado um remo que eles perderam no mar.

Mas teve momentos de pegação, sendo que, não foi isso que eu tinha ido buscar lá. Acabei conhecendo dois caras que também tinham acabado de se conhecer e estavam a fim de alguma coisa a três. Escondidinho num cantinho isolado, ficamos os três nos amassos. Entre nós, tinha um coroa, até que charmoso, mas que ficou de fora da brincadeira. Eu estava tentando dar atenção aos dois, mas só que, um deles estava animado demais comigo, fazendo com que o tiozinho ficasse de fora. Ele percebeu a situação e em algumas vezes perguntava se queria que fosse embora para que ficássemos à vontade, mas eu não deixei. Não adiantou, pois o outro que estava animado comigo, pediu para o tiozinho nos dar licença, que acabou aceitando numa boa e nos deixando sozinhos ali. Nossa, fiquei com a maior pena do tio.

Agora estou indo conhecer a Lagoa Azul. Isso se eu achar um barco pra me levar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fala que eu te escuto