sexta-feira, 21 de março de 2014

25º DE 365 DIAS: SEXO FREE - BLACK FRIDAY

Check list:

Casa limpa.

Toalhas para banho preparadas.

Casa perfumada (tenho costume de passar perfume nas coisas para a casa ficar mais cheirosa).

Banho tomado.

Dentes escovados.

Corpo perfumado.

 E “chuca” renovada (ele faz a linha passivo, mas vai que resolve enfiar o dedo em mim. Nunca se sabe).

Estava tudo preparado para recebê-lo, depois de muito tempo me dando furo, marcando e não comparecendo, ele resolve dar o ar da graça. Cheguei por várias vezes ficar o esperando, e muito irritado quando horas depois ele vinha com a desculpa de que não daria para me ver. Ontem, Ele pega o último ônibus de Volta Redonda e vem me encontrar, chegando aqui em casa depois de meia-noite. Nosso “ritual” de iniciação continua o mesmo: ele chega, conversamos pouco e, logo em seguida iniciamos a transa, comigo na maioria das vezes o penetrando na posição papai e mamãe. Sempre quando acontece nossos encontros, ele passa a noite comigo. Não vejo problema, e mesmo que tenha outro cliente marcado, faço questão de desmarcar, pois sinto um enorme prazer com ele. Ainda acho curioso o fato de ele ser magro e possuir o rosto cheio, gordinho. Por isso o chamo (em pensamento) de fofão, pois de alguma forma acaba me lembrando o personagem. Depois do primeiro tempo, tomamos banho e ficamos conversando (pouco), abraçados até cair no sono. É muita disposição chegar aqui em casa de madrugada para ter que ir embora cedo dia seguinte. Odeio acordar cedo, mas logo que ele se vai, eu volto a dormir.

Lado Bom: Das últimas vezes ele tinha alegado estar sem grana pra sair comigo, e como ele já é velho de casa (saímos há um bom tempo) acabei dando um “desconto”, sexo free. Pois com ele, eu sabia que não iria me arrepender.


Um comentário:

Fala que eu te escuto