quarta-feira, 29 de abril de 2015

CURITIBA - OXXXTENTAÇÃO



Curitiba é uma cidade muito bem organizada, limpa e de pessoas educadas, mas um pouco fechadas. Mesmo assim, a cidade me acolheu e muito bem. A começar pelo hotel que eu fiquei, sendo ele o primeiro hotel de luxo da cidade. Um dia anterior da minha chegada, Alexandre Pires estava hospedado neste mesmo hotel que fiquei. Fora as outras celebridades que já passaram e vão passar por lá.

Num só dia você acaba presenciando todas as estações do ano. Quando cheguei, o tempo estava bom. Pouco antes, tinha acabado de chover, fazer frio e depois esquentou. Vai entender. Meu compromisso estava marcado para noite, então, tinha um tempo livre na parte da manhã quando cheguei. Acabei conhecendo alguns dos pontos turísticos da cidade, que muito me chamou a atenção. Contratei um City Tour para me acompanhar, pois fazer excursão com uma galera que eu não conheço, não rola. Ele me levou ao Ópera de Arame, Jardim Botânico e Madalosso, que é o maior restaurante do mundo e registrado no Guinness com 4, 645 lugares.




O Jardim Botânico é bonito, está um pouco abandonado, mesmo assim causa aquele impacto na primeira vez que o visita. Só achei que o espaço abandonado onde seria uma estufa das plantas poderia ter sido restaurada e plantada vários tipos de espécies.





O Parque Tanguá também é um belo local para se conhecer.



Depois de conhecer a cidade, fazer amigos e comer bem, chega a hora de pegar no duro. Estava de encontro marcado com o curitibano, um rapaz que, por coincidência morava num prédio de frente para o hotel onde eu estava hospedado. Para encontrá-lo, bastava atravessar a praça logo em frente. Um rapaz novo, cheio de vida e com o pensamento igual o meu: dinheiro foi feito pra gastar! Do mundo a gente não leva nada, mas pelo menos a gente pode dizer que usou e desfrutou de tudo! Quem vê a cara do rapaz não imaginava que fosse surpreendente na cama. Seu dote de uns 22 cm e grosso, acabaria com qualquer um, mas eu estava tão relaxado com ele, que não senti dor, e ainda pedi mais. Uma beleza exótica, mas sua educação o transformou em alguém ainda mais belo. E isso conta muitos pontos na hora do prazer. Acabei dando uma gozada beeeem gostosa com ele, tanto que, depois que fui embora, no meio da madrugada me bateu vontade de novo. Acabei tomando liberdade e mandando mensagem a ele, que me convida novamente para sua casa e passarmos alguns momentos de prazeres. Mas não fui, pois estava cansado da viagem, e acabei dormindo.

Como eu disse, fui muito bem tratado pelo povo da cidade, principalmente o meu City Tour que ficou “louco” quando descobriu que eu era garoto de programa. Adoro momentos assim, pois sempre ouço a mesma coisa: “nunca conheci garoto de programa. Sei que existe, mas nunca conversei com um”. Nessas horas, aproveito meus 15 minutos de fama e me imagino no Fantástico. Fico empolgado com perguntas que ele e outras pessoas me fazem. Acabei fazendo amizade com ele, que é um cara do bem.



O meu retorno poderia ter sido melhor. Acabei pegando uma maldita turbulência que me deixou enjoado, isso depois de quase ter perdido o horário do voo, pois fiquei enrolando escovando os dentes. Gente, turbulência é normal, mas é algo que não desejo nem pro meu inimigo. Com tantas viagens que faço de avião,  já era pra ter perdido esse medo. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fala que eu te escuto