sábado, 13 de julho de 2013

ESTOU DOENTE?



Sempre quando ouço piadas relacionadas à sexualidade ou algo preconceituoso, levo na esportiva. Se forem pessoas próximas, eu acabo debochando da situação. Mas toda brincadeira tem um fundo de verdade, acaba sendo uma forma de se expressar e dizer o que não teria coragem de falar quando se está numa conversa séria. Numa brincadeira, vieram me dizer que a resposta para eu me relacionar com homens é culpa da “doença”. Ele ainda tenta se explicar e diz que o homem nasce com 20% de hormônio feminino, mas no caso do gay, aumenta para 80% e com ajuda de tratamento pode ser curado. No começo quando estava falando, levei na esportiva, mas depois de afirmar que gay é doença, comecei a ficar puto com sua forma de pensar.  Se este realmente for o caso, pra que eu trabalho sendo que posso me encostar e me aposentar por ser doente? Tô pensando em levar um atestado no meu serviço e me encostar, alegando tendinite (no cu). 


Envie "cura gay" para 69024 e receba agora no seu celular dicas de como se tornar hétero e conquistar aquela gatinha!

A falta de conhecimento leva ao preconceito e ignorância, sendo que isto sim tem tratamento, que é a informação e um pouco de amor ao próximo. Mas sabe o que é mais engraçado? Tenho uma pessoa, uma amiga, bem íntima, que sempre quando brinco dizendo que vou dar um beijo em outro homem na frente dela, ela tem “crises” de ânsia dizendo que passaria mal, só que ela não sabe que eu sei de seus envolvimentos com mulheres há um tempo atrás, pouco antes de ela estar namorando agora (com homem). Pra mim, a pessoa que mais critica e condena essa atitude são pessoas que algum dia teve suas experiências homossexuais ou estão com medo da situação de ter e gostar.
Todo esse preconceito que muitos carregam acaba sendo fruto de uma educação e doutrina que a igreja também prega. Todos nascemos com o propósito de nos casarmos e termos filhos, se acontece de termos nosso caminho “desviado”, eles afirmam que é obra demoníaca e que estamos afastados de Deus. Eu mesmo, na minha infância, sempre ouvia ladainha de biscates da igreja dizendo que tal pessoa iria para o inferno por ter escolhido o caminho da homossexualidade. Outra coisa que eu acho inaceitável, são os homens que acham que para honrar o que se carrega entre suas pernas, tem que sair a cada dia com uma mulher diferente, frequentar puteiros e sair sem camisinha. Pode não parecer, mas o machismo faz com que seja assim, sexo seguro seria para pessoas fracas, o negócio (pra eles) e fuder pele com pele, como muitos dizem. 

Eu acho que o preconceito é doença e tem cura, só precisa de: Um taco de baseball, uma pistola automática e muita vontade de matar um filha da puta que afirma que gay é uma raça doente. Tá certo que tem gay muito filha da puta que eu até concordo que mereça levar uma lâmpada fluorescente na cara (mas nesse caso já é o caráter, o que poucos têm), mas não quer dizer que ele sofra de distúrbios pela opção sexual que escolheu. 


3 comentários:

  1. cara mais isso não e´ considera doença quando a pessoa não esta feliz com a opção? Eu juro que quando entrei no seu blog levei um susto quando li o título estou doente.mano rsrsrs assustei mesmo.olha muita gente fica querendo dar sua opinião sobre isso mas não entendem nada.eu sou bissexual hiago e´ claro que curto bem mais comer do que dar o cu mas faço isso.te amo muito hiago abraços e boa noite.....

    ResponderExcluir
  2. Parabéns! Mt bem exposto, miguxo.
    Saudades.
    Bjunda

    ResponderExcluir
  3. redodinha verde @poliana14 de julho de 2013 13:53

    você gostou da musica show das poderosas?e você gosta da lady gaga

    ResponderExcluir

Fala que eu te escuto